Saiba mais

O tratamento por radiofrequência é baseado num equipamento criado nos EUA para o tratamento da flacidez da face sem cirurgia. Ele causa uma contração da pele, sem cortes, hematomas, inchaço ou descamações fortes e sem se afastar das atividades normais e sob anestesia local.

Este procedimento é uma nova tecnologia, diferente do Laser, dos Peelings e da Cirurgia Convencional, e é utilizado para o tratamento de um dos mais difíceis problemas do envelhecimento facial, que é a flacidez da pele do rosto e do pescoço. Não há cortes, lesões superficiais, edemas ou equimoses. Também não há necessidade de afastamento do trabalho ou das atividades esportivas.

Onde pode ser aplicado?

O tratamento por radiofreqüência vem sendo considerado um grande avanço, que permite a correção de sinais de envelhecimento, sem deixar as atividades rotineiras e com baixo risco, exigências modernas, onde a racionalização do tempo é imperativa. Ele pode ser utilizado isoladamente ou associadamente para ação em diversas condições inestéticas como: flacidez da pele facial, flacidez da pele do pescoço, rugas periorbitais e frontais, elevação das sombrancelhas.

Como funciona?

A radiofreqüência gera energia e forte calor sob a camada mais profunda da pele enquanto a superfície se mantém resfriada e protegida, o que causa a contração do colágeno. Quando a onda é aplicada sobre a superfície da pele, ela é resfriada (epiderme) e ao mesmo tempo uma energia de radiofrequência é passada para as camadas mais profundas (derme) Posteriormente é obtida a produção de Neocolágeno que vai produzir uma melhora ainda maior no aspecto da pele.

Assim, é criada uma reação química nas estruturas mais profundas, mais específicamente no colágeno, que faz a pele retrair.

Que tipos de pele podem ser tratados?

Todos os tipos de pele podem ser tratados.

Como o paciente que se submete ao tratamento com radiofrequência sente-se?

Cada aplicação é seguida de uma sensação de frio imediato, seguida por uma sensação mais quente e mais breve, seguida novamente por uma sensação fria.

Quanto tempo dura o tratamento?

Depende do tamanho da área tratada, o procedimento pode tomar de alguns minutos a uma hora.

Quando o paciente pode retornar às atividades normais?

Pode-se retomar as atividades normais imediatamente. Uma avermelhidão pequena pode ser vista em alguns pacientes mas normalmente desaparece logo depois do tratamento. Complicações do aquecimento podem ocorrer mas são raras. Não há cuidado especial que seja necessário após o tratamento. Protetor solar é recomendado.

Quando aparecem os resultados?

Os resultados aparecem gradualmente de 2-6 meses, embora alguns pacientes obtenham uma resposta mais cedo. O resultado esperado é uma pele mais firme, que vai surgindo de dentro para fora, seguindo a aplicação.
Quatro meses depois que o tratamento com radiofrequência foi realizado , há a depoisção de um novo colágeno, mais denso, e um aumento apreciável na espessura da epiderme. Ou seja, o resultado do tratamento com não é imediato, havendo um período de tempo de meses para que se torne aparente, que é o período necessário para que se forme o colágeno.

Quantas sessões são necessárias?

Uma única sessão pode produzir bons resultados.Entretanto, apenas o médico poderá avaliar o número e frequência de tratamentos requeridos, que depende da gravidade do caso e é específico para cada paciente.

Quanto tempo duram os resultados do tratamento?

Como todos os tratamentos de envelhecimento, o resultado também sofrerá a ação do tempo e novas aplicações podem ser feitas, se necessárias, e de acordo com a avaliação do médico.

Este tratamento é seguro?

O procedimento é muito seguro. A ocorrência de pequenos danos à pele é raríssima. O tratamento foi estudado cuidadosamente em centenas de pacientes nos EUA e Canadá gerando relatórios que mostram mínimos efeitos adversos.